quarta-feira, 3 de agosto de 2016

UberPool

Vocês devem imaginar que eu, uma pessoa super pobre tecnológica, já usei várias vezes o queridinho dos fodidos de grana ""disruptivos"", o lindo, o maravilhoso, o bizarro do UberPool!!!!!




(verdades)






Mas obviamente nada de bizarro me aconteceu, o que é muito normal na minha vida.


















Exceto o....








CASO NÚMERO 1


Era a primeira vez que eu, uma usuária do Uber, ia pegar o UberPool. 

Depois de HORAS, VIDAS, MILÊNIOS tentando convencer o Rodrigo de que TÍNHAMOS que usar o UberPool, fomos!



Eu tava assim por fora:





















E assim por dentro:



















E o Rodrigo reagindo assim:












E foi aí que no aplicativo apareceu uma informação que iríamos compartilhar o carro com o Daniel*

*nome meramente ilustrativo, gente.











Era a minha primeira vez no UberPool















e eu já ia compartilhar com alguém














QUÃO SORTUDA EU SOU?????????????????











Continuei naturalmente:
















O carro chegou e eu:























Tinham duas pessoas já no banco de trás, Rodrigo olhou pra mim:
















E entendeu em poucos segundos que eu queria ir na frente mesmo....







Entramos no carro e eu:





















E as duas pessoas:



















E o Rodrigo:
















E eu:











E passamos 30 minutos no carro em total e completo silêncio. 












Mas pra compensar esse momento bizarro teve o 







CASO NÚMERO 2


Dessa vez a gente decidiu pegar o Uber porque estávamos quase em Manaus e precisávamos voltar pra casa de uma forma que ainda continuássemos com dinheiro pra comer o resto do mês.





Pegamos o Uber e estava lá: Compartilhado com Carol*


*meramente ilustrativo de novo.







Só uma pequena observação:





  1. Era uma sexta-feira à noite em que eu cheguei do trabalho, joguei a mochila em casa e sai, do jeito que tava, pra conseguir chegar lá a tempo;

  2. O show atrasou.

  3. Atrasou mesmo, de verdade, o que fez com que eu: DORMISSE EM PÉ*  no meio do show DE ROCK.
*tenho que escrever um post sobre esse meu "dom" um dia


     4.  Meia noite e meia a gente já tava dentro do Uber. Eu entrei só com um dos olhos abertos.









Rodrigo sentou no banco da frente, eu atrás, olhei pro meu lado e tinham duas garotas assim:




















Imediatamente eu:













E a Carol*:





- CES VÃO PRA OOOOONDE?







Eu:






- Pra casa.









Carol:





- Ai não, vamo pro show do Wesley Safadão!!!!!!!!










Eu:
















- Não vai dar, tamo cansado....








Carol:




- Ok, mas tu vai ter que dançar funk comigo aqui no carro.





































claro né.


























Dançar funk dentro de um Uber com uma desconhecida bêbada era a única coisa que eu queria pra aquele momento.


























o que eu fiz?






















Fui logo representando, né mores????? Já tava lá mermo!!!!!!!!



















Até aí tudo bem, até que teve o












CASO NÚMERO 3





Resolvemos passar o dia inteiro no interior praticando "esportes radicais"












Meu Deus,









como








eu






ODEIO









esportes radicais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!








Mas tudo bem, já estávamos devolvendo o carro que alugamos na locadora e decidimos pegar um UberPool.









No aplicativo: Compartilhado com Francileyde*


*hihihihihi zoeirinha!!!








Olhei pro Rodrigo já assim:












Carro chegou e Francyleide estava sozinha e calada.



















Mas foi só passar um minuto no carro que o motorista avisou:


- Vai ter outro passageiro.























Eis que entra o novo passageiro cujo perfume parecia




















Virou pra mim e disse:




- Você é da onde?











Eu:


- Oi?









Ele:


- Você não é daqui de SP, é da onde?









Eu:




- Manaus...?










Ele:




- E tava brincando agora de arco e flecha? HAHAHAHAHAHAHHAHAHAHA










Eu por fora:















Eu por dentro:









(Mano peloamordedeus muda de "piada"?)







PAUSA PARA UM PARÊNTESE:






Pior de tudo, é que eu tava mesmo.














(momento raro de foto minha tirada horas antes de pegar o Uber)




FECHA O PARÊNTESES.





Homem: 



- Tô brincando.... hehehehehe. Então, já que a gente mora perto, vamo tomar uma cerveja um dia? Me adiciona no facebook!




Eu: 




- Claro!











Ele: 




- Se escreve assim ó: J-o-ã-o C-a-s-t-r-o. Anotou?







Eu: 




- Já adicionei aqui pô










E descemos do carro assim:














Porque, olha, única explicação.

Um comentário:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.