quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Sobre bizarrices em SP

Já disse aqui que eu atraio pessoas/situações bizarras. Já disse aqui também dos choques culturais sofridos por uma caboquinha de Manaus que está morando em SP. O que eu não disse é que as bizarrices tem se mesclado. 

Para explicar, digo: Gosto de ir na Avenida Paulista pra:

1. Caminhar.
2. Comprar coisas.
3. Encontrar amigos.
4. Treinar o inglês com gringos perdidos.
5. Ver coisas bizarras.



Entre as primeiras bizarrices que eu vi foi:




O seu Madruga.



Era um domingo de sol numa cidade onde conheço poucas pessoas ainda. Caminhava pela Paulista com o Caio quando fomos surpreendidos pelo Seu Madruga.

Ok, eu sei que não era o seu Madruga (será?), mas era um senhor, da idade dele, com cara de quem estava devendo alugueis, vestido TODO com o figurino do personagem e olhando pro nada. Assim, normal, "de boas na Paulista passando o domingão esperando a Chiquinha".

Ainda falei alto: É O SEU MADRUGAAAA??????????? - com uma cara de quem não acredito no que os olhos estão vendo, mas ele nem tchum... Talvez estivesse em seu momento relax sei lá.


(Sdds férias em Acapulco)



A segunda foi:





O Confuso Sobrinho.


Qual é a chance de você esbarrar com um personagem do Pânico dentro de uma livraria de três andares na Paulista? Parece que 100% pra mim.
Estava lá vendo meus livrinhos quando percebi que o pessoal do TV Fama estava entrevistando alguma subcelebridade dentro da Livraria Cultura. Fui ver, por que né? tem algo mais bizarro/engraçado que o TV Fama? Cheguei perto e vi um ser humano desnorteado atrapalhando a entrevista: ERA ELE, O CONFUSO SOBRINHO...

Pensei: HAHAHAHHA TÃO GRAVANDO O PÂNICO, QUE LEGAL!  - e me afastei pra procurar uns livros/esperar o Caio.

Eis que minutos depois, para na minha frente Confuso com a sua expressão peculiar e começa falar coisas aleatórias para mim.





Não era para a moça do lado.











Não era pro cara que tava arrumando os livros.












Não era pra produtora do TV Fama.










Não era para ninguém mais além de.... MIM!



O meu pensamento passou de: "HAHAHAH TÃO GRAVANDO O PÂNICO" para: "PUTAQUEPARIO TÃO GRAVANDO O PÂNICO.......... COMIGO!!!!!!!!!!"

Pensei rápido e usei todo o meu gingado de pessoa que já foi produtora de TV e fiz de tudo para que se realmente fosse uma gravação do programa não desse para usar minha parte porque seria sem graça. 

E não é que deu certo? (Eu acho, pq não vi muito a TV naquela época por motivos de: medo)


(SIM, essa foto foi tirada naquele dia, ou seja, a gravação do TV Fama foi pro ar, pelo menos)




E para completar a lista:






A Xuxa da década de 80


Hoje fez um dia de calor infernal e resolvi sair para tomar um sorvete. Na volta, conversado distraída com o Caio, só ouvi o barulho de uma latinha sendo posta no asfalto do trânsito parado por conta do sinal. Era ela, a Xuxa dos anos 80.

Imagine você também: um rapaz, moreno e alto (uns 1.80m), com uma peruca loira, uma bota/salto e um microfone dos anos 80 dançando ilari-lari-ê-ô-ô-ô no sinal para arrecadar um troco.

Juro que procurei veteranos para ver se não era mais um trote de faculdade.












Ou um bloco de carnaval.








Ou qualquer coisa que justificasse.


Mas parece que era apenas mais um artista da Avenida Paulista.



É nessas horas que eu penso: "Estou em uma pegadinha da TV, será?"


2 comentários:

Luan C. de Andrade disse...

Hahahahaha. Era pra ter saído no Pânico representando o Amazonas. Acho!

Jorge Leitte disse...

Eu ando na rua com esse medo tb. hahaha Tipo... Taqueopariu tomara que não estejam gravando nada por aqui.. hahaha

Apesar de que eu não cairia. Reconheceria os atores com certeza... (eu acho)