sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Amigas e Medicina

Desde o começo do ano eu não via a Safira. Falavámos sempre que podiamos, mas não nos víamos porque ou ela estava viajando ou estudando muito. Minha amiga é muito nerd, mas ela faz Medicina e acredito que todos que fazem deveriam estudar como a Safira.
Eis que ela me liga: Tá em casa? Vo passar aí viu?! e saímos para conversar/ajeitar biquines.
Durante muita conversa e gargalhadas, lembrei que tinha que comprar um complexo vitamínico que deveria ter tomado há seculos. Sugeri irmos a farmácia, e obviamente ela topou.
Lembro de quando eu ainda estava no Ensino Médio e íamos almoçar no shopping ou algo do tipo, minhas amigas me faziam prometer que não entraria numa Livraria, justamente porque era muito dificil me tirar de dentro de uma. O que eu não me toquei é que a Farmácia era a Livraria da Safira.
Chegamos lá, me dirigi ao balcão, entreguei a receita com um sorriso pra moça. Enquanto foi procurar o remédio, Safira me pergunta: Pra que tu vai tomar isso?
Pausa pra explicação: Eu confio muito na minha amiga, e como eu já disse anteriormente, ela é muito nerd.. logo sabe mais de Medicina que muito médico por aí. Quando eu tô sentindo algo eu ligo pra ela e ela diz: é isso, vai no médico tal que ele vai te passar isso. e PIMBA! Ela acerta.
Eu respondi: Médica me passou porque eu tô molenga, não quero comer direiro. Minha médica particular responde: Cabeção, isso é pra repor o que tu não tem.. O que tu tem que tomar é Biotonico.
Expliquei toda aquela história do Biotonico que eu já contei aqui e ela disse: Toma Scott então.. É ruinzinho.. Mas é vale a pena


Quando cheguei em casa, mostrei pra minha mãe a receita passada pela Safira: Mãe, a Sah me passou um estimulante. - Biotonico de novo? - Não, não.. um tal de Scott.
Eis que minha mãe mudou de semblante e nos seus olhos dava pra se ouvir um NÃÃÃÃÃO!.
Resolvi tomar uma colher de sopa pra entender. Aquele aspecto laranjado oleoso começava a dar sentindo a duas coisas que tinha na embalagem, mas achei que fossem do modo figurativo: Feito de óleo de fígado de bacalhau, sabor laranja. Resolvi ser forte e encarar. Tapei o nariz e enfiei aquela coisa estranha goela abaixo e...
De fato, aquilo é um estimulante de apetite, porque depois que consegui engolir aquilo tudo corri pra mesa pra comer algo que tirasse aquele gosto tenebroso. O problema é que tudo que eu comia ficava também com gosto daquilo e eu tinha ânsia de vômito. E continuei tendo, o dia inteiro.
Por não ter comido me atacou a novíssima gastrite (essas férias estão agitadas com doenças novas, hein?) e baixou minha pressão.
E só então entendi a cara de pânico da minha mãe..
É... acho que vo continuar magrela, por um tempinho.

(a praga)

Um comentário:

Eternus Apprentice disse...

Poutz... Biotônico, Scott não sei qual é o pior. o.O. Mas, se o negócio é engordar sugiro uns bons goles de Sustagem, doses diárias de Complexo B e uns toddynhos e bib'sfihas nas horas de maior fome.

Às vezes, dá certo! *-*

=*